Você está aqui: Página Inicial / Subcomissão de Integração de Sistemas conhece Centro de Operações Espaciais da FAB

Notícia

Subcomissão de Integração de Sistemas conhece Centro de Operações Espaciais da FAB

Membros da subcomissão do Conselho da Amazônia conheceram a operação do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Estratégica (SGDC)

Por Willian Cavalcanti

Membros da subcomissão conhecem Centro de Operações Espaciais da FAB

Membros da subcomissão conhecem Centro de Operações Espaciais da FAB

Brasília, 22/06/2020 – Membros da Subcomissão de Integração de Sistemas do Conselho da Amazônia conheceram as instalações do Centro de Operações Espaciais Principal (COPE-P), em Brasília (DF), na quinta-feira (17/6). O centro será inaugurado esta semana pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

O COPE-P realiza a operação e gerencia todos os serviços prestados pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação Estratégica (SGDC). Em órbita desde maio de 2017, o SGDC tem o uso estratégico militar em banda X e fornece também a banda Ka para uso civil em todo o território brasileiro.

O Comandante de Operações Aeroespaciais da FAB, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues, explicou que a estrutura possui o que há de mais moderno em tecnologia de operações aeroespaciais. O centro atua em coordenação com o COPE-S (secundário) do Rio de Janeiro, que opera o satélite caso haja alguma falha no COPE-P.

“Dentro da agenda da subcomissão, inserimos essa visita ao COPE-P para que todos pudessem ver como é importante o desenvolvimento na área espacial, principalmente para a questão de operação dos nossos satélites”, explicou o diretor de produtos do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), Rafael Costa.

O objetivo da subcomissão é promover a integração de sistemas de monitoramento territorial, de alertas inteligentes e outras bases de dados. A intenção é criar metodologias unificadas para detecção de desmatamento, queimadas e outras práticas ilegais.

A subcomissão é liderada pelo Censipam e conta com representantes da Vice-Presidência da República, Gabinete de Segurança Institucional e dos Ministérios do Meio Ambiente; Justiça; Minas e Energia; Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; e Agricultura, Pecuária e Abastecimento.