Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Workshop Internacional reúne pesquisadores, meteorologistas e estudantes em Belém

Notícia

Workshop Internacional reúne pesquisadores, meteorologistas e estudantes em Belém

{mosimage}Mais de 80 pesquisadores, meteorologistas e estudantes brasileiros, americanos, chineses, australianos, sul-africanos e senegaleses participaram hoje (15) da abertura do Workshop Internacional dos Usuários do Software Titan (Thunderstorm, Identification, Tracking, Analysis and Nowcasting) no Centro Regional do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) em Belém.  Até o dia 18, eles estarão discutindo e se capacitando no uso do software livre Titan para receber informações de radares meteorológicos, responsáveis pelo monitoramento do tempo, como identificações de tempestades severas e chuvas.

“O Titan é um software livre que permite o acesso de todos, socializando o conhecimento. Enquanto os softwares proprietários têm um custo elevadíssimo e restringem o acesso”, ressalta o diretor-geral do Sipam, Rogério Guedes, na abertura do evento.  “Além de estarmos cumprindo com a diretriz do governo federal de incentivar o uso do software livre”, complementa o diretor de Produtos do Sipam, Wougran Galvão. Já o gerente regional do Sipam de Belém, Carlos Alberto Freitas, diz que no Pará há dois radares meteorológicos. “Mas temos 11 radares em toda a Amazônia. Com isso, estamos sempre monitorando o tempo, o que permite avisar a Defesa Civil de qualquer tempestade severa”, afirma.

A coordenadora Operacional do Sipam em Belém e doutora em Meteorologia pela Universidade de São Paulo, Jaci Saraiva, explica que uso do Titan permite, através do uso de dados de radares meteorológicos, o monitoramento do tempo como a identificação de tempestade, deslocamento, intensidade e duração.  No Brasil, o uso dos radares meteorológicos para o monitoramento do tempo é relativamente novo. Apesar do país ainda contar com um número razoável de radares meteorológicos, há também poucos profissionais especializados nesta área.  Por isso, a disseminação e o uso de um software livre de código aberto aumentará a utilização dos dados de radares não só pelos técnicos do Sipam, como também pelos estudantes, pesquisadores e profissionais, aumentando assim a massa critica nesta área de monitoramento e previsão de curto prazo.

Desde 2008, os técnicos do Sipam utilizam o Titan nos Centros Regionais de Manaus e Belém. Cada uma das unidades faz um uso distinto do software. As informações coletadas em Belém, Santarém e Macapá são analisadas operacionalmente, no instante em que são geradas. Já o Centro Regional de Manaus utiliza os dados passados em pesquisas que ajudem a compreender as variações do tempo na região. A coordenadora Operacional explica que o Sipam tem investindo muito para ampliar o interesse pelo assunto, pois entende que estes radares são um diferencial na região. “Essas informações servem também para entender a distribuição da precipitação sobre a Amazônia e ajudam na compreensão do clima da região”, explica Jaci.

Segundo a pesquisadora e diretora do Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet), Ana Maria Held, a previsão imediata permite conhecer a rota de uma tempestade com algumas horas de antecedência, permitindo avisar a Defesa Civil. "O radar monitora o tempo presente, é possível ver exatamente se está chovendo e onde está chovendo, ter ideia do deslocamento das tempestades severas e que regiões elas irão atingir", acrescenta.

Para tirar dúvidas, ensinar e capacitar, que o criador e principal expoente mundial do Titan, doutor Mike Dixon (PhD pela University of Colorado, Civil Engineering Hydrometeorology), participa do evento e fará, em parceria com os pesquisadores do Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMET), um resumo do estado atual do sistema e de novas aplicações.

Comunidade internacional

Segundo Jaci, no Workshop será proposta a criação do Fórum Internacional de Usuários do Titan, no qual os membros poderão trocar idéias e informações sobre as novas contribuições adicionadas ao conjunto de programas do Titan, para o benefício da comunidade mundial que trabalha com previsão imediata (nowcasting) do tempo. Além de poder apresentar trabalhos relacionados ao tema e se atualizar sobre o software, os participantes poderão conhecer as instalações do CR Belém e o radar meteorológico Doppler de banda S (realiza as medidas de intensidade e velocidade dos fenômenos meteorológicos e elimina virtualmente a presença de alvos falsos, permitindo a apresentação de uma imagem real e clara dos fenômenos detectados).

O Sipam, vinculado à Casa Civil da Presidência da República, é um dos organizadores do Workshop em parceria com o Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet), a Universidade Estadual Paulista (UNESP) e o Research Applications Laboratory (RAL), do/National Center for Atmospheric Research/ (NCAR).

Assessoria de Comunicação Social do Sipam
Telefone: (61) 3214-0257
e-mail: comunicacaosocial@sipam.gov.br