Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Sipam trabalha pela interligação de centros de pesquisa de Rondônia

Notícia

Sipam trabalha pela interligação de centros de pesquisa de Rondônia

Interligar órgãos envolvidos em pesquisa e desenvolvimento de informações de todos os estados do país através de rede. Esse é o objetivo da Rede Nacional de Pesquisas (RNP), vinculada ao Ministério de Ciência e Tecnologia, cujo comitê gestor de Rondônia se reuniu na última quinta-feira (25), no Centro Regional do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) em Porto Velho. No encontro, Sipam, Universidade Federal de Rondônia (Unir), Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), Serviço Geológico do Brasil (DNPM), entre outros, definiram o projeto que, dentro de quatro meses, instalará a rede no estado, sob a denominação de Redeporto (Rede Comunitária Metropolitana de Porto Velho).

Após aprovação e instalação da infraestrutura pelo Ministério, a idéia é que se possa agilizar o fluxo de informações e a troca de material entre os centros de ensino, pesquisa ou extensão, favorecendo o desenvolvimento da ciência no estado. Além de se comunicar entre eles, os órgãos rondonienses terão acesso aos outros centros conectados em todo o Brasil. “Ter acesso ao banco de pesquisas do portal Capes ou fazer ligações VOIP a quem está interligado são alguns dos benefícios da rede”, explica Apolônio de Oliveira Júnior, do Sipam. Os benefícios da rede são também econômicos. “Os órgãos participantes vão diminuir os custos de acesso à internet e poderão usar telefone pela rede (VOIP), reduzindo as contas com empresas de telefonia”, diz Tiene Medeiros de Castro, presidente do comitê. Os custos serão apenas de manutenção do sistema e compartilhados entre os parceiros.

 Assessoria de Comunicação Social do Sipam
Telefone: (61) 3214-0257
e-mail: comunicacaosocial@sipam.gov.br