Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Sipam sedia terceira reunião do Projeto REMAM II em Manaus

Notícia

Sipam sedia terceira reunião do Projeto REMAM II em Manaus

Manaus (29/08/2012) - A 3ª reunião do projeto da Rede de Monitoramento e pesquisa de Eventos Extremos da Amazônia (Remam II) inicia hoje (29), das 9h às 7h, no auditório Anavilhanas, no Centro Regional de Manaus do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). Até dia 31, pesquisadores de 17 instituições de ensino e pesquisa e mais sete defesas civis estaduais e municipais da região amazônica, estarão apresentando resultados e ações desenvolvidas de alerta dos fenômenos meteorológicos severos na Amazônia. 

Na programação do evento serão apresentadas ações do projeto Remam I e II; Implementação do Sistema de Monitoramento de Raios; Desenvolvimento de um sistema de Alertas de Tempestades Severas para hidrovias; Resultados do projeto Remam no Amapá; características da precipitação e dos sistemas meteorológicos associados a eventos extremos; Sistema de Gerenciamento de Riscos Naturais; Treinamento a técnicos e agentes das Defesas Civis na Amazônia; Apresentação da situação das cidades de Manaus, Porto Velho e dos Estados do Amazonas, Acre, Roraima e Amapá pelas Defesas Civis. 

O objetivo da rede é o conhecimento dos diversos fenômenos meteorológicos que ocorrem na região amazônica, o desenvolvimento de técnicas e produtos que melhorem a previsão destes fenômenos e um sistema de disseminação que seja rápido e eficiente para chegar ao órgão responsável pela tomada de decisão frente a estes fenômenos, ressalta a coordenadora do projeto Remam e meteorologista do Sipam, Jaci Saraiva. 

A Remam é um projeto multi-institucional que tem como participantes mais de quarenta pesquisadores de  A Remam é apoiada operacionalmente pela rede de monitoramento regional composta por 11 radares do Sipam, pela rede observacional de estações meteorológicas disponíveis no país dos núcleos estaduais de meteorologia, e pela estrutura operacional da previsão do tempo e clima baseada em modelos numéricos regionais. 

O projeto tem por objetivo implementar, desenvolver e sistematizar uma estratégia de monitoramento e pesquisa sobre fenômenos meteorológicos extremos nos estados que compõem a Amazônia Legal, focando, particularmente, os eventos severos de curto prazo que frequentemente produzem descargas elétricas, vendavais ou rajadas de vento e chuva intensa e eventos climatológicos de longo prazo como enchentes, secas e estiagens prolongadas, além de integrar instituições de pesquisa, centros operacionais de previsão do tempo e os órgãos mitigadores, no caso as defesas civis de toda a região amazônica. 

O projeto Remam I teve seu convênio assinado em dezembro de 2009, com previsão de dois anos de duração. Em 2010 recebeu a primeira parte de seu orçamento. Neste mesmo ano foi realizada a primeira reunião com a participação dos pesquisadores e defesas civis. Em 2011, foi realizada a segunda reunião já com apresentação dos resultados por meta. O orçamento disponibilizado esta sendo executado e o primeiro relatório parcial foi entregue a FINEP – Financiadora de Estudos e Projetos, que financia o projeto.

Assessoria de Imprensa
telefone - 61/ 32140257