Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Sipam participa da Operação Guaricaya Matupi no Amazonas

Notícia

Sipam participa da Operação Guaricaya Matupi no Amazonas

{mosimage}Manaus (01/11/2011) - O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) participa junto com outros órgãos, que compõem a Comissão Interministerial de Combate aos Crimes e Infrações Ambientais (Ciccia), da Operação Guricaya Matupi, que iniciou nesta segunda-feira (31). O objetivo é de combater crimes no assentamento localizado no quilômetro 180 da BR 230, chamado Santo Antônio do Matupi.

Durante a Operação, serão combatidos os crimes de desmatamento ilegal, tráfico de drogas, porte ilegal de armas, garimpos ilegais, apreensão de veículos irregulares entre outros. Participam dessa Operação o Instituto Brasileiro de Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal (PF), Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), Ministério da Defesa (MD), Força Nacional, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Fundação Nacional do Índio (Funai).

Para falar sobre a Operação, os dirigentes do Ibama, Sipam, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal participaram de uma coletiva, as 10h, nesta terça-feira (1/11), no Centro Regional do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), em Manaus, AM.

O município de Santo Antônio do Matupi é o maior pólo madereiro do Estado do Amazonas, habitado principalmente por imigrantes vindos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais, além disso possui um rebanho superior a 170 mil cabeças de gado.

O Ciccia foi instituído pela Portaria Interministerial nº 292 de 04/03/2009/ Ministério da Justiça (D.O.U. 05/03/2009), com o objetivo de permitir a integração e cooperação entre os órgãos Públicos Federais que atuam no combate aos crimes e infrações ambientais.

Assessoria de Comunicação Social
Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia
(CENSIPAM)
(61) 3214-0202 / 025