Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Sipam apresenta trabalhos na 64° Reunião da SBPC realizada no Maranhão

Notícia

Sipam apresenta trabalhos na 64° Reunião da SBPC realizada no Maranhão

Brasília (23/07/2012) - Dois trabalhos desenvolvidos em parceria com o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) serão apresentados hoje (23) durante a 64° Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Processo da Ciência(SBPC), realizada em São Luiz, no Maranhão.  As assessoras Danielle Perreira da Costa e Shirley Cristina dos Santos irão apresentar o Projeto IncluiGEO e o Arco Verde. Os dois têm o mesmo objetivo: alternativas ao desmatamento nos 43 municípios que mais desmatam na Amazônia. 

O Projeto IncluiGEO: Geotecnologias Livres para Conhecer, Incluir e Preservar no Arco Verde, realizado em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas, capacitou representantes da sociedade em geotecnologias, difundindo informações sobre o meio ambiente, dados socioespaciais e de políticas que subsidiem o desenvolvimento sustentável na Amazônia. A experiência do IncluiGEO aconteceu no ano passado, em Lábrea, no Amazonas.
 
No formato de curso de extensão, foram utilizados como recursos de inclusão digital e social, softwares livres de geoprocessamento, jogos didáticos e oficinas sobre legislação ambiental. “Como resultado, foram capacitados 60 pessoas da comunidade e 8 bolsistas em práticas extencionistas. Destaco o grande interesse da sociedade local em conhecer ferramentas de análise espacial que permitam, sob diferentes matizes, a ampliação do conhecimento do seu território, seus problemas e ainda formas de atuação para mitigar as dificuldades”, ressalta a assessora do Sipam e coordernadora do Projeto, Danielle Pereira da Costa.
 
Já o Programa Arco Verde, que pretende trazer alternativas produtivas e sustentáveis ao desmatamento, envolve vários ministérios, governos estaduais e os 43 municípios amazônicos. O Sipam controla as ações, capacitou os técnicos municipais em geotecnologias e inicia a implantação de telecentos nessas localidades. “O fortalecimento de novas práticas de produção, consumo e comercialização está acontecendo através do estímulo à incorporação de práticas voltadas à agroecologia, agricultura orgânica e biodinâmica, incluindo os sistemas agroflorestais, a integração lavoura-pecuária-floresta, a recuperação de áreas alteradas, como também pela valorização dos saberes da comunidade”, ressalta Shirley.
 
Segundo ela, a  mudança do atual modelo produtivo foi e é o desafio da Operação Arco Verde, que certamente será alcançado no médio ou longo prazo, com políticas políticas públicas destinadas à gestão ambiental; regularização fundiária; pesquisa, assistência técnica e extensão rural; produção e comercialização agropecuária e assistência creditícia.

O tema da reunião da SBPC é Ciência, Cultura e Saberes Tradicionais para Enfrentar a Pobreza.  A programação científica é composta por conferências, simpósios, mesas- redondas,encontros, sessões especiais, minicursos e sessões de pôsteres para apresentação de trabalhos científicos. A reunião é um dos maiores eventos científicos do país e é realizada desde de 1948.

Assessoria de Imprensa Sipam
fone: 61/32 140257