Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Seminário discute cheia de 2012 e mudanças climáticas a partir desta quinta

Notícia

Seminário discute cheia de 2012 e mudanças climáticas a partir desta quinta

{mosimage}Porto Velho (14/12/2011) - O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) e o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA-RO) promovem nos próximos dias 15 e 16 de dezembro (quinta e sexta-feira) o seminário “Adaptação às novas dinâmicas dos rios na Amazônia ocidental sul – Pré-cheia 2012”, no auditório do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO), em Porto Velho.

Com inscrição gratuita, o evento pretende reunir especialistas em Hidrologia, Meteorologia e Meio Ambiente, acadêmicos e representantes de órgãos públicos para debater sobre os diferentes impactos que influenciam os rios e o clima da região, sobretudo nessa estação chuvosa. “Todos os anos nos antecipamos à cheia discutindo com os parceiros um prognóstico nesse evento, que dessa vez terá relevância ainda maior por se tratar do primeiro ano de enchimento das barragens do complexo hidrelétrico do rio Madeira”, explica Ana Cristina Strava, coordenadora de operações do Sipam.

A adaptação às mudanças climáticas e aos grandes empreendimentos hidroelétricos na Amazônia será o grande tema que margeará todos os debates do evento, dividido em três mesas redondas, duas palestras e uma prática de segurança na navegação. A primeira mesa acontece das 9h às 12h da quinta-feira com o tema “Mudanças climáticas: adaptação ao clima e prognósticos para a estação chuvosa”. À tarde o tema em debate será “Segurança de barragens” e na manhã de sexta-feira a última mesa tratará dos “Projetos e Iniciativas de proteção aos recursos hídricos”.

Palestrante propõe desmistificação do aquecimento global

A primeira palestra do evento, “Perspectivas climáticas para os próximos 20 anos”, será proferida pelo pesquisador Luiz Carlos Molion a partir das 17h dessa quinta-feira (15). Pesquisador da Universidade Federal de Alagoas, Molion é  PhD em Meteorologia, pós-doutor em Hidrologia de Florestas e membro da Comissão de Climatologia da Organização Meteorológica Mundial. Ele é conhecido como “o cientista que não se curva aos ambientalistas radicais” e tem gerado polêmica por colocar em dúvida a influência do homem sobre o clima, defendendo que o aquecimento global é um evento natural cíclico.

A tarde de sexta-feira (16) será destinada a palestra e prática sobre segurança na navegação, que estará à cargo da Delegacia Fluvial de Porto Velho. A programação completa está disponível no portal do Sipam, através do endereço www.sipam.gov.br/templates/portal/images/programacao_pre_cheia_2012.jpg .
O seminário conta com o apoio do Governo de Rondônia, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Marinha do Brasil, Consórcios Santo Antônio Energia e Energia Sustentável do Brasil, Associação dos Engenheiros Agrônomos (AEARON), Associação Rondoniense dos Engenheiros Florestais (AREF) e Movimento Encontro das Águas.

Assessoria de Comunicação Social
Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia
(CENSIPAM)
(61) 3214-0202 / 0257