Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Proposta do Sipam de criar telecentros nos municípios do Arco Verde passa na primeira fase

Notícia

Proposta do Sipam de criar telecentros nos municípios do Arco Verde passa na primeira fase

{mosimage} A proposta do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) de incluir os 43 municípios do Arco Verde no Programa Nacional de Apoio à Inclusão Digital, que pretende criar 5.000 novos telecentros no país, foi aprovado pelo Governo Federal. A primeira fase de seleção dos projetos foi publicada na última terça-feira (27/04) no Diário Oficial da União.

O projeto apresentado pelo Sipam, em conjunto com as prefeituras e outros parceiros, é de instalar 137 telecentros, com 10 computadores em cada um, nos 43 municípios do Arco Verde. “O governo recebeu 1.071 propostas, mas foram selecionadas 63. Portanto, passamos nessa primeira fase”, comemora o coordenador-geral de Operações do Sipam, Fernando Campagnoli.

A contrapartida do Sipam nesse projeto é instalar nos 137 locais antenas de comunicação via satélite, garantindo o sinal de internet.

“Com isso, estamos cumprindo a missão de usar nosso parque tecnológico voltado para a Amazônia à serviço da inclusão digital nas comunidades amazônicas”, ressalta Campagnoli. Atualmente, o Sipam possui 580 antenas de comunicação instaladas em pontos isolados da Amazônia, garantindo comunicação aos parceiros do sistema. Além disso, renovou e modernizou o parque tecnológico, com a compra de 1.033 novos equipamentos de comunicação, que começam a ser instalados em julho deste ano, investindo R$ 9 milhões.

O governo federal aplicará R$ 165 milhões nesse projeto. O primeiro edital de seleção de propostas foi lançado em fevereiro. As inscrições terminaram dia 26 de março. Foram apresentados 1.071 projetos. Eles tratavam de 14.925 telecentros, entre novos e em funcionamento. Os 63 selecionados na última terça-feira propõem criar mais de seis mil telecentros e, também, fortalecer 3.514 unidades já existentes.

A seleção das iniciativas que vão receber apoio federal foi feita pelos ministérios que coordenam o programa: Ciência e Tecnologia, Comunicações e Planejamento. Foram escolhidas aquelas que cumpriram procedimentos de inscrição e estão dispostas a implantar e manter ao menos 10 telecentros sob as diretrizes de funcionamento do Programa. A avaliação considerou também o grau de apoio das proponentes aos telecentros, a experiência prévia e capacidade de continuidade, além da localização das unidades de maneira coincidente a políticas federais prioritárias e a abrangência populacional.

O programa vai oferecer equipamentos de informática novos e recondicionados, mobiliário, conexão à Internet em banda larga, além de bolsas e formação para monitores. As entidades proponentes podem conhecer o resultado da avaliação de suas propostas no Sistema Integrado de Apoio a Telecentros – SIATC, acessível pelo endereço: http://www.inclusaodigital.gov.br/telecentros/siatc.


Assessoria de Comunicação Social do Sipam
Telefone: (61) 3214 0257 e (61) 3214 0296
e-mail: comunicacaosocial@sipam.gov.br