Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Órgãos farão ações conjuntas para combater queimadas em 2008

Notícia

Órgãos farão ações conjuntas para combater queimadas em 2008

As 24 instituições que participaram na última quinta-feira da 'Oficina de Prevenção às Queimadas na Amazônia em 2008' farão ações conjuntas no período de estiagem em Rondônia. A proximidade da época de seca na região – de maio a outubro – representa sinal alerta para os riscos de queimadas. A oficina teve como resultados a formação de três grupos de ação e a proposta de formação de um Comitê Estadual de Prevenção às Queimadas.

O grupo de Prevenção e Educação Ambiental incentivará o uso de técnicas alternativas na agricultura. Na área rural, o fogo é utilizado, geralmente, para três finalidades: limpeza da área, fertilização rápida do solo e renovação de pastagem. Com o conhecimento e a utilização de outras técnicas agrícolas que dispensem o uso do fogo, a expectativa é reduzir as queimadas nas propriedades rurais. Integram este grupo a Emater, Sedam, Embrapa, Incra, Idaron e as secretarias municipais de agricultura e educação.

Na parte de fiscalização e controle das queimadas ilícitas, Sedam, Ibama, Funai, Batalhão Ambiental, Ministério Público Estadual e Polícia Federal farão a repressão aos crimes ambientais.

Já o grupo de Saúde fará o monitoramento dos impactos das queimadas na saúde da população. Sedam, Funasa, Agevisa, universidades e secretarias municipais pesquisarão os efeitos da fumaça no aumento das doenças respiratórias, propondo ações para minimizar o problema.

O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) fornecerá dados do monitoramento por satélite e
informações das suas estações meteorológicas, alertando para áreas propensas a propagação do fogo e informando a direção dos ventos, umidade relativa do ar e condições climatológicas gerais. O órgão também integrará o Comitê Estadual de Prevenção às Queimadas, contribuindo na articulação das ações dos vários órgãos envolvidos.

Fonte: Ascom/CTO-PV/Sipam