Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Nuvem de fumaça deverá permanecer em Manaus

Notícia

Nuvem de fumaça deverá permanecer em Manaus

{mosimage}A nuvem de fumaça que tem coberto Manus (AM) desde ontem (16) deverá permanecer nos próximos dias. Não há previsão de mudança no atual regime dos ventos (devendo permanecer de Sul e Sudeste),  não há previsão de chuva e também não há expectativa de que cessem  repentinamente as queimadas que tem acontecido em muitos pontos na  região. “Os modelos nos mostram que permanece uma grande área de ar  seco e quente em boa parte da região do Amazonas”, explicou hoje (17)  o chefe da meteorologia do Centro Regional do Sipam de Manaus, Ricardo  Dallarosa, em entrevista coletiva à imprensa.

 Segundo ele, no mês de agosto choveu somente no dia 1. “Se houvesse  chuva poderia dissipar a nuvem de fumaça, porque a precipitação agiria  no sentido de "limpar" a atmosfera, fazendo retornar à superfície o  material particulado lançado ao ar pelas queimadas. Mas estamos há  duas semanas sem chuvas em Manaus, e a umidade relativa do ar é muito  baixa”, argumenta Dallarosa, ressaltando que a média de dias de chuva  (eventos) no mês de agosto é de 6 a 8 dias. “O que podemos ter são  chuvas rápidas e isoladas”. A fumaça vem do Sul e Sudeste e de focos  de calor nos arredores de Manaus, conforme pode ser observado nos  mapas de monitoramento de queimadas produzidos pelo INPE.

Assessoria de Comunicação Social do Sipam
Telefone: (61) 3214 0257
e-mail: comunicacaosocial@sipam.gov.br