Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Ministro elogia atuação do Sipam em seminário de Inteligência Tecnológica

Notícia

Ministro elogia atuação do Sipam em seminário de Inteligência Tecnológica

{mosimage}“O Sipam nasceu sob o signo da integração e é muito bem sucedido na produção de informações que são úteis para os parceiros e para a sociedade”. A declaração do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, general Jorge Armando Félix, foi feita na abertura do I Seminário de Inteligência Tecnológica, promovido pelo Sipam, em Brasília, no dia 8 de dezembro. O ministro, que fez a palestra inaugural de abertura do Seminário, lembrou que a integração das atividades de inteligência é um dos principais desafios a ser vencido, não apenas no Brasil, mas em praticamente todos os países do mundo. O evento continua na quarta-feira (9).

Cerca de 60 representantes de instituições ligadas à Inteligência do Estado brasileiro ouviram por mais de uma hora o general Felix explicar as principais mudanças em implementação na área, que está reestruturando suas atividades, adequando-as à realidade do País. Depois de listar os pressupostos que orientam as ações de inteligência, como a obediência à Constituição Federal e às demais leis brasileiras, destacou a necessidade de ampliar a cooperação como principal instrumento para superar limitações.

Em seu discurso de abertura, o diretor-geral do Sipam, Rogério Guedes, ressaltou o trabalho que o Sipam tem desempenhado de forma sistêmica, contribuindo com outros órgãos de governo no desenvolvimento social e econômico da Amazônia Legal. "A nossa crença de que as atividades na Amazônia devem ser realizadas de forma integrada e cooperativa nos faz entusiastas do trabalho em sistema. Isso reduz custos de operações e de investimentos para aos órgãos.”, ressaltou. Guedes também listou projetos importantes que o Sipam tem participado como o Terra Legal, Operação Arco Verde, além dos projetos como a Cartografia, ProAE e SipamCidade. Ressaltou ainda que o Sipam não produz inteligência para consumo próprio, mas por demanda dos órgãos parceiros.

O Seminário de Inteligência Tecnológica, primeiro que o Sipam realiza, contou a presença dos diretores e dos gerentes dos Centros Regionais de Manaus, Bruno Monteiro, e de Porto Velho, José Neumar da Silveira, além do diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Wilson Roberto Trezza, do comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal, Luiz Sérgio Lacerda Gonçalves, do coordenador de Articulação Institucional do Conselho de Altos Estudos da Câmara dos Deputados, Paulo Mota.

No dia 9, segundo dia de atividades, o evento é restrito aos profissionais de inteligência e tem como objetivo estreitar relações, compartilhar informações, trocar experiências e conhecer melhor o que cada instituição tem produzido na área. Participaram profissionais de instituições como Abin, da  Polícia Federal, Polícia Civil de Pernambuco e Mato Grosso, Agência Nacional das Águas, Marinha, Exército, Instituto Nacional de Criminalística, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Ministério de Relações Exteriores, Ministério da Previdência Social, Ministério Público, Anatel, Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, Disbim, GSI, FAB, Centro de Inteligência da Polícia Federal e Polícia Militar do Distrito Federal.


Assessoria de Comunicação Social do Sipam
Telefone: (61) 3214 0257
e-mail: comunicacaosocial@sipam.gov.br