Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Meteorologistas iniciam evento internacional em Belém

Notícia

Meteorologistas iniciam evento internacional em Belém

{mosimage}Inicia nesta terça-feira, 15, e segue até o próximo dia 18, no Centro Regional do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), em Belém, o Workshop Internacional dos Usuários do Software Titan (Thunderstorm, Identification, Tracking, Analysis and Nowcasting). Vinculado à Casa Civil da Presidência da República, o Sipam é um dos organizadores do Workshop, em parceria com o IPMet, a Universidade Estadual Paulista (UNESP) e o Research Applications Laboratory (RAL), do National Center for Atmospheric Research (NCAR).
Importante ferramenta para o trabalho dos meteorologistas, o Titan é um programa de uso livre e código aberto em permanente evolução. A partir do uso de dados de radar, o software identifica tempestades, analisando-as em relação ao deslocamento e prognósticos. Por isso, é considerado por especialistas como a grande novidade na área de tratamento de dados provenientes de radares meteorológicos, pois a maior parte destas informações é analisada utilizando software proprietário.
Segundo a coordenadora Operacional do Sipam em Belém, Jaci Saraiva, apesar de o Brasil contar com um número razoável de radares meteorológicos, há poucos profissionais especializados nesta área.  O Sipam e o Cindacta IV são responsáveis pela operacionalização de 11 radares meteorológicos na Amazônia. Para Jaci, a disseminação e o uso de um software livre de código aberto aumentara a utilização dos dados de radar não só pelos técnicos do Sipam, como também pelos estudantes, pesquisadores e profissionais da área, aumentando assim a massa critica nesta área de monitoramento e previsão de curto prazo.
A coordenadora Operacional explica que o Sipam tem investindo muito para aumentar o interesse pelo assunto, pois entende que estes radares são um diferencial na região. “Os dados dos radares meteorológicos permitem o monitoramento e a previsão de curto prazo, fundamentais para as defesas civis. Essas informações servem também para entender a distribuição da precipitação sobre a Amazônia e ajudam na compreensão do clima da região”, explica Jaci.
Desde 2008 os técnicos do Sipam utilizam o Titan nos centros regionais de Manaus e Belém. Cada uma das unidades faz um uso distinto do software. As informações coletadas em Belém, Santarém e Macapá são analisadas operacionalmente, no instante em que são geradas. Já o Centro Regional de Manaus utiliza os dados passados em pesquisas que ajudem a compreender as variações do tempo na região.

Assessoria de Comunicação Social do Sipam
Telefone: (61) 3214-0257
e-mail: comunicacaosocial@sipam.gov.br