Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Imagens de 125 mil km² de áreas de não-florestas do Mato Grosso são processadas

Notícia

Imagens de 125 mil km² de áreas de não-florestas do Mato Grosso são processadas

Imagens processadas no Censipam serão disponibilizadas ao Exército e CPRM, responsáveis por gerar produtos cartográficos e cartas geológicas no âmbito do Projeto Cartografia da Amazônia.

Durante duas semanas, especialistas do Censipam, do Exército, da CPRM e da Aeronáutica realizaram o primeiro processamento de imagens com o uso do equipamento adquirido pelo Censipam. Ao todo, 125 mil km² de áreas de não-florestas do estado do Mato Grosso, geradas em 2014 no âmbito do Projeto Cartografia da Amazônia, foram processados no CCG em Brasília. O material será disponibilizado para o Exército e CPRM, responsáveis pela elaboração de produtos cartográficos e mapeamento geológico, respectivamente. O processamento foi finalizado na última sexta-feira (21).

“Esse foi o primeiro processamento realizado no Censipam. A Sala de Processamento de Imagens ADS-80 foi equipada em 2015 e já apresenta resultados positivos. O material produzido atende aos padrões de qualidade exigidos pelo Exército e CPRM para elaboração de produtos”, disse o assessor militar do Censipam, que atuou no processamento, Miguel Archanjo.  Até então, todas as imagens brasileiras geradas pelo sensor óptico ADS-80 eram processadas no 1°/6 Grupo de Aviação da Força Aérea Brasileira, em Recife, demandando bastante tempo para serem finalizadas.

Os especialistas do Exército e da CPRM foram capacitados em curso ministrado pelo Censipam, em abril desse ano, para atuarem no processamento. O especialista da Aeronáutica, que atua com o processamento de imagens no 1°/6 Grupamento, acompanhou a atividade.Os especialistas do Exército e da CPRM foram capacitados em curso ministrado pelo Censipam, em abril desse ano, para atuarem no processamento de imagens geradas com uso do ADS-80. O especialista da Aeronáutica, que atua com o processamento de imagens no 1°/6 Grupamento, acompanhou a atividade. O ADS-80 é um sensor óptico de altíssima resolução, aeroembarcável, que capta imagens durante o sobrevôo realizado pelas aeronaves R35A da Força Aérea Brasileira. 

O Censipam é o gestor do Projeto Cartografia da Amazônia, lançado em 2008 com objetivo de concluir as cartografias terrestre, geológica e náutica dos 35% da Amazônia Legal sem informações. Esse percentual corresponde a 1,8 dos 5,2 milhões de km² da região amazônica. Exército, Aeronáutica, CPRM e Marinha  são os executores do Projeto.