Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Comunidades seringueiras do Acre recebem telecentros com internet do Sipam

Notícia

Comunidades seringueiras do Acre recebem telecentros com internet do Sipam

{mosimage} Na última quarta-feira (28), a era digital chegou ao pólo original de luta pelos direitos dos povos da floresta, no Acre. Dois telecentros com computadores e acesso à internet foram inaugurados na comunidade do Seringal Icurã e na Associação de Moradores da Reserva Extrativista Chico Mendes (Amopreab). Localizada no município de Assis Brasil (AC), a reserva foi a primeira a ser criada pelo governo federal, em 1990, reconhecendo o direito à exploração sustentável de seringueiros e castanheiros e agora poderá utilizar os benefícios da tecnologia para formar suas crianças e vender produtos, por exemplo.

A inclusão digital para os habitantes da cidade e da floresta foi obtida graças à parceria entre o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), a Prefeitura Municipal de Assis Brasil e a Amopreab, que identificaram os locais, prepararam as instalações e promoveram a chegada dos computadores. “Doamos computadores com softwares livres, capacitamos os agentes locais e damos suporte técnico para integrar as comunidades”, explica Luiz Cláudio Mesquita, coordenador nacional de inclusão digital do Serpro.
 

Conexão da Amazônia ao mundo

Para garantir a conexão dos computadores doados à rede mundial de computadores, o Sipam instalou em cada telecentro uma antena VSAT (sigla em inglês para Very Small Aperture Terminal). As parabólicas fazem parte do conjunto de 1.033 novos terminais adquiridos esse ano pelo sistema, em um investimento de R$ 9 milhões. O sinal chega por satélite e garante velocidade superior à discada, gratuitamente. Assis Brasil ainda conta com terminais do Sipam na Polícia Federal  e na Comarca do Conselho Nacional de Justiça. “Não somente os seringueiros, como toda a cidade de Assis Brasil poderá disfrutar do acesso que permite inumeráveis possibilidades de desenvolvimento para aquela comunidade”, revela José Neumar da Silveira, gerente regional do Sipam.

Integrante da comitiva em Assis Brasil e uma das principais incentivadoras dos telecentros, a embaixatriz Ana Amorim reafirmou a importância da iniciativa. “Foi emocionante ver a satisfação nos rostos das 150 crianças da escola do seringal em ter acesso à internet, assim tiramos do isolamento centenas de famílias e promovemos a sua integração à socidade”, revelou. Segundo Ana Amorim, com a parceria entre os órgãos, outras reservas na Amazônia também poderão receber telecentros.


Assessoria de Comunicação Social do Sipam
Telefone: (61) 3214 0257 e (61) 3214 0296
e-mail: comunicacaosocial@sipam.gov.br