Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Comunicação via satélite do Sipam dá suporte a operações do Exército e Justiça Eleitoral em Rondônia

Notícia

Comunicação via satélite do Sipam dá suporte a operações do Exército e Justiça Eleitoral em Rondônia

{mosimage}Porto Velho (07/10/2011) - Sete antenas de comunicação via satélite, utilizadas pelo Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) para viabilizar a transmissão de voz e dados (internet) de órgãos parceiros em localidades remotas na Amazônia, estão garantindo a realização de operações da 17ª Brigada de Infantaria de Selva e do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RO) em Rondônia e Acre. 

As antenas, denominadas VSAT (Very small aperture terminal), são transportáveis, ou seja, permitem a constante mudança de localização, e fazem parte do novo parque de telecomunicações do Sipam, que desde 2010 melhorou a qualidade e velocidade das transmissões. “Promover o acesso à comunicação na região amazônica é uma das premissas do Sipam, por isso, estamos sempre a postos para auxiliar os órgãos parceiros, seja em operações ou em suas bases fixas”, explica José Neumar da Silveira, gerente do Centro Regional do Sipam em Porto Velho.

A parceria com a Justiça Eleitoral visa efetuar o recadastramento biométrico dos eleitores da zona rural de Porto Velho, enviando digitais e documentos pela internet em localidades onde não haveria outro acesso à rede de computadores. “A operação só ocorre em modo on-line, motivo pelo qual se utilizou esse meio de comunicação, que tem se mostrado altamente eficiente”, revela Ruzevan Saraiva, coordenador de Sistemas Eleitorais do TRE.

O Tribunal tem até março de 2012 para recadastrar o eleitorado da capital. Para isso, estabeleceu um cronograma que abrange todos os distritos até dezembro. Nessa e nas próximas duas semanas (de 4 a 19 de outubro), a equipe estará na localidade de Rio Pardo, próxima a Buritis. De 18 a 27 de outubro será a vez da Nova Califórnia. De 29 de outubro a 12 de novembro o recadastramento chegará em Extrema. De 14 a 25 de novembro acontece em Vista Alegre e, por fim, de 21 de novembro a 8 de dezembro, volta mais uma vez ao Baixo Madeira para atender os distritos de Calama, Santa Catarina, Papagaios e Demarcação. O atendimento itinerante é essencial, pois quem não for recadastrado poderá ter o título cancelado e não participará das eleições municipais de 2012. 

Operação Curare III
Os equipamentos do Sipam também estão sendo utilizados pela 17ª Brigada de Infantaria de Selva, que realiza desde setembro a Operação Curare III para intensificar a vigilância na faixa de fronteira dos estados de Rondônia e Acre com a Bolívia e o Peru. Junto a órgãos ambientais e de segurança, o Exército pretende reprimir os delitos na região, levar informação e atendimento médico e odontológico à população.

Assessoria de Comunicação Social
Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia
(CENSIPAM) 
(61) 3214-6202/0257
(69) 3217-6215