Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Comitiva chilena conhece sistema de inteligência do Censipam

Notícia

Comitiva chilena conhece sistema de inteligência do Censipam

comitiva chilena.jpg
O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) recebeu na última quarta-feira (14/11) a visita de comitiva de nove integrantes da Diretoria de Inteligência Estratégica e Militar do Estado-Maior das Forças Armadas do Chile, para intercâmbio sobre ações na área de inteligência tecnológica brasileira do Ministério da Defesa.

O grupo chegou ao Distrito Federal no domingo (11) e conheceu o Sistema de Inteligência da Marinha, Aeronáutica, Exército e Censipam, acompanhados do Subchefe da Inteligência de Estado do Ministério da Defesa, Roberto Carvalho. O objetivo da comitiva em conhecer as estratégias brasileiras partiu do reconhecimento da necessidade de implementar melhorias no sistema de defesa do Chile, como afirmou o diretor  de Inteligência chileno, Rodrigo Gonzáles Reis.

Durante a visita ao Censipam, Ricardo Augusto dos Santos, coordenador geral de Inteligência, apresentou a instituição à comitiva e explicou a necessidade de conhecer a região amazônica para protegê-la. Santos falou sobre a produção de informações, gestão e coordenação de sistemas tecnológicos, que servem para subsidiar o planejamento de ações de órgãos parceiros. Para exemplificar, Santos apresentou a Operação Delta, ocorrida em 2010. 

A Operação Delta fiscalizou o escoamento de madeira extraída de forma irregular de terras indígenas e unidades de conservação, no delta do rio Guamá em Belém (Pará). A investigação durou mais de cinco meses, e exigiu a atuação do trabalho integrado de diversos órgãos, como Polícia Federal, Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) e o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Mais de 25 mil m³ (cerca de mil caminhões) de madeira foram apreendidos. 

Outras iniciativas e ações de inteligência foram apresentadas ao grupo chileno. Gonzáles considerou o intercâmbio válido e elogiou as práticas brasileiras, a organização e a forma de utilização das informações. “Certamente vamos utilizar algumas práticas no Chile”. Após a apresentação, a comitiva conheceu as instalações do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), que fica nas dependências do Censipam. 

Por Milena Barros
Assessoria de Imprensa do Censipam
Telefone – 61/32140257