Você está aqui: Página Inicial / Notícias / CMA visita o Censipam.

Notícia

CMA visita o Censipam.

Na manhã do dia 27/03, o Censipam recebeu a visita do Comandante Militar da Amazônia, o General de Exército César Augusto Nardi de Souza que salientou a importância dessa visita para a importante missão que ora assume na Amazônia Ocidental mas, principalmente, sobre os impactos que o seu Comando poderá esperar a respeito dos Países que fazem fronteira com o Brasil.

O Diretor-Geral deu um panorama de toda a infraestrutura tecnológica existente e apresentou os importantes projetos lançados para incremento das atividades do Sistema de Proteção da Amazônia. Enfatizou sobre a retomada do Consipam que ocorreu no dia 14/03, com a presença do Senhor Ministro da Defesa, empoderando assim os trabalhos do Censipam.

Foi apresentado pelo Cel Miguel o Sistema Integrado de Alertas de Desmatamento com radar orbital – SipamSAR que tem como objetivo ampliar a capacidade de detectar o desmatamento e a proteção da Amazônia. A partir de então passou-se a utilizar dados de sensores orbitais de Radar de Abertura Sintética (SAR) para a obtenção de imagens durante o período de outubro a abril. Essa tecnologia tem como uma das características a capacidade de poder obter imagens da superfície mesmo com a presença de nuvens, sendo estas invisíveis para o sensor, disse o Cel Miguel.
No início do mês de outubro de cada ano, o Censipam começa a receber os dados SAR com resolução espacial entre 3 e 6 metros de áreas indicadas como prioritárias pelos órgãos de fiscalização – IBAMA e ICMBio, fruto de uma parceria entre o Ministério da Defesa e o Ministério do Meio Ambiente. A análise, interpretação e geração dos alertas de desmatamento são realizadas nos três Centros Regionais de Belém, Manaus e Porto Velho. A partir daí, no dia seguinte à identificação de um novo desmatamento, o alerta fica disponível ao IBAMA e ao ICMBio por meio de um geoserviço do Censipam. Esse fluxo de trabalho se repete mensalmente para cada cena das áreas monitoradas durante os meses de outubro a abril, conforme informações da Diretoria de Produtos.

O Comandante do CMA conheceu ainda o Sistema de Alerta hidrometeorológico (SIPAMHidro) que é um sistema desenvolvido para integrar dados hidrometeorológicos, do SIPAM e de órgãos parceiros municipais, estaduais e federais, e gerar informações a respeito do monitoramento e previsão do comportamento dos níveis dos principais rios que compõe as grandes bacias hidrográficas da Amazônia. O sistema permite também, disponibilizar informações sobre as condições do tempo, bem como, a geração de alertas de alagamentos e inundações em bacias urbanas ocasionadas por tempestades severas. O sistema possui um conjunto de ferramentas de geotecnologias que permitem realizar atividades de monitoramento, análise, geração de informação e conhecimento sobre as condições hidrológicas e meteorológicas da região amazônica. A área de abrangência é toda a Amazônia Legal. O SIPAMHidro visa proporcionar mais eficiência e eficácia às respostas das ações de prevenção e mitigação aos impactos ocasionado por eventos severos, para apoio às ações de Defesa Civil, ao Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres e, por fim, também, está alinhado a missão do Censipam que é promover a proteção da Amazônia Legal por meio da sinergia das ações de governo, da articulação, do planejamento, da integração de informações e da geração de conhecimento.

O Assessor Cláudio falou sobre a importância das operações conjuntas com os órgãos parceiros tanto federais, estaduais e municipais como a integração de tecnologias no combate ao narcotráfico de drogas.

Acompanharam a visita o vice-chefe de operações do EMCFA, o General de Divisão José Eduardo Pereira e o Assessor do CMA, o Cel. Davi Meireles e Sá, que foram recepcionados pelo Rogério Guedes Soares, Diretor Geral do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia, (Censipam) e demais Diretores deste Centro Gestor.