Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Chuva dá trégua e queimadas voltam a crescer em Rondônia

Notícia

Chuva dá trégua e queimadas voltam a crescer em Rondônia

Após três semanas de queda no número de focos de calor, o estado de Rondônia registrou acréscimo nas emissões no período de 24 a 30 de outubro de 2011. Foram 928 focos obtidos na leitura de todos os satélites consultados pelo Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), número mais de duas vezes superior ao registrado na semana anterior (430 focos).

Pela primeira vez nesse ano, os registros de uma semana foram superiores aos do mesmo período em 2010, quando ocorreram apenas 255 focos de calor no estado. Ou seja, embora em todo o ano de 2010 tenham ocorrido mais queimadas no estado, nesse período do ano elas já estavam escassas, ao contrário do que vem acontecendo em 2011, que tem queimado menos, mas continuamente.

Uma possível explicação para o grande número de queimadas na última semana está na baixa incidência de chuvas no período. Choveu pouco e menos do que no ano passado no norte de Rondônia e no sudoeste do estado, localidades que concentraram as emissões de fumaça nesta semana. Diferença significativa entre os dois anos foi contatada no município de Machadinho do Oeste, onde praticamente não choveu na última semana – o que deu condições para a ocorrência de 92 focos de calor.

Entretanto, o grande responsável pelas queimadas não só na última semana como em todo o mês de outubro é o município de Pimenteiras do Oeste.  Pela terceira semana consecutiva, Pimenteiras aparece na primeira posição em número de focos e continua aumentando suas queimadas, que totalizaram 162 registros. 



Assessoria de Comunicação Social 
Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia 
(CENSIPAM) 
(61) 3214-0202 / 0257 
(69) 3217-6215