Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Censipam promove reunião de integração dos países amazônicos

Notícia

Censipam promove reunião de integração dos países amazônicos

O Censipam promoveu a reunião para propor realização de ações conjuntas na busca da defesa e do desenvolvimento sustentável da Amazônia

O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) promoveu nesta quinta-feira, 25 de outubro, reunião com representantes de todos os países amazônicos. Um dos principais objetivos foi o de apresentar o método de funcionamento do Censipam aos representantes dos países vizinhos e, paralelamente, propor a realização de ações conjuntas na busca da defesa e do desenvolvimento sustentável da Amazônia. “Compartilhar experiências e informações é muito importante para a proteção da Amazônia”, disse o Diretor-Geral do Censipam, Marcelo de Carvalho Lopes.

Lopes Citou como exemplo o intercâmbio de experiências de técnicos brasileiros e peruanos no aperfeiçoamento do uso de software específico para o controle do desmatamento. Lopes destacou, ainda, a entrada em operação do satélite CBERS-2B, lançado há cerca de um mês e em fase de calibração. “Como fazer para que, por meio das imagens de satélite, façamos um controle do desmatamento? Esse é um ponto que podemos trabalhar conjuntamente.”, propôs o Diretor-Geral do Censipam. Lopes citou como exemplo as ações que já estão sendo executadas em parceria com o governo do Peru, em especial com o Serviço Nacional de Meteorologia e Hidrologia do Peru – Senamhi.

O Diretor Operacional do Censipam, Wougran Galvão, lembrou que dados do CBERS 2B poderão ser fornecidos a países vizinhos, pois há decisão do Governo brasileiro a tornar disponíveis tais informações, sem custos. “É uma política de compartilhar dados”, disse Galvão. A Amazônia tem uma área total com mais de sete milhões de quilômetros quadrados, sendo cerca de 65% inserida no território brasileiro.

O encontro contou com a participação de diplomatas do Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela. O Ministro Clemente Baena Soares, chefe do Departamento de América Meridional II Ministério das Relações Exteriores, acompanhou a reunião, e disse que há interesse do Brasil em ampliar as relações bilaterais com os países vizinhos em ações que busquem a defesa e o desenvolvimento sustentável da Amazônia, sendo o Censipam a base desses trabalhos. O Ministro lembrou que Brasil e Peru assinaram Memorando de Entendimento sobre Cooperação em Matéria de Proteção e Vigilância da Amazônia, em 2003, e que tal memorando pode servir como modelo para novos programas de cooperação.

Ascom/Censipam