Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Censipam e Polícia Federal buscam aprofundar parcerias

Notícia

Censipam e Polícia Federal buscam aprofundar parcerias

Instituições buscam aperfeiçoar ações de combate ao crime organizado na Amazônia

Por Willian Cavalcanti

Representantes da Polícia Federal conheceram ações do Censipam

Representantes da Polícia Federal conheceram ações do Censipam

Brasília, 17/05/2019 – Com o objetivo de aprofundar ações de combate ao crime organizado, representantes da Polícia Federal (PF) estiveram, nesta quinta-feira (16/5), na sede do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), em Brasília (DF). A intenção é aperfeiçoar mecanismos de cooperação, com aproveitamento dos produtos desenvolvidos pelo Censipam para monitoramento ambiental e territorial na Amazônia.

Participaram da visita os delegados Elvis Secco, Júlio Ferreira e Osvaldo Scalezi, da Coordenadoria Geral de Polícia de Repressão a Drogas e Facções Criminosas (CGPRE) da PF. O diretor-geral do Censipam, Major-Brigadeiro José Hugo Volkmer, apresentou o histórico de criação do Sipam e o conceito operacional do Censipam, que busca a integração de dados para geração de produtos que atendam aos órgãos governamentais atuantes na Amazônia.

Os membros da PF conheceram as atividades desenvolvidas na área de Inteligência Tecnológica, que utiliza diversas fontes de informação, como aeronaves, radares, antenas e equipamentos de inteligência. Também foram apresentados sistemas de localização de garimpo ilegal e de pistas clandestinas que podem auxiliar a PF no combate ao crime na Amazônia.

“As ferramentas do Censipam podem ser utilizadas em diversas vertentes. Nossos servidores são especializados na análise de dados de geointeligência e tem grande experiência no território amazônico”, afirmou o diretor de produtos, Péricles Cardim.

Os delegados testaram também as aplicações do sistema ADS-80 no mapeamento territorial e ações de inteligência. “Esse aprofundamento da parceria entre a Polícia Federal e o Censipam é muito importante. A experiência e a expertise de vocês são essenciais para o combate ao crime organizado”, disse o delegado Elvis Secco.

Também participou da visita o procurador do Ministério Público do Amazonas, Leonardo Galiano.