Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Censipam é homenageado em Manaus

Notícia

Censipam é homenageado em Manaus

A Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM) realizou nesta quinta-feira, 16 de agosto, sessão especial, em reconhecimento ao trabalho realizado pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) e pelo Centro Técnico e Operacional de Manaus do SIPAM (CTO/MN).

A sessão especial foi realizada a partir de requerimento do deputado Belarmino Lins de Albuquerque, presidente da ALEAM. Participaram do evento o Diretor-Geral do Censipam, Marcelo de Carvalho Lopes; o Diretor Administrativo e Financeiro da instituição, Rogério Guedes Soares; o Gerente do CTO/MN, Bruno da Gama Monteiro; o Gerente do CTO de Porto Velho, José Neumar da Silveira; além de servidores do Censipam.
 
‘O futuro do Amazonas começa a ser garantido hoje pela firme atuação do Sipam, com suas muitas e valiosas ferramentas a serviço da vida e da necessária proteção das mais variadas formas de existência”, disse o deputado Belarmino Lins. O Diretor-Geral do Censipam proferiu discurso, agradecendo o reconhecimento dos parlamentares. Marcelo Lopes aproveitou a oportunidade para esclarecer as principais frentes de atuação da instituição,  ou seja, as áreas de inteligência, proteção ambiental, sensoriamento remoto, estruturação de banco de dados da região e infraestrutura de telecomunicações.

Lopes explicou que o Censipam foi criado em 2002, e que sua origem está ligada ao projeto Sivam, dos anos 90. O Diretor-Geral ressaltou, porém, que as tarefas de controle do tráfego aéreo e de defesa do espaço aéreo são do Comando da Aeronáutica, exercidas na região amazônica pelo Quarto Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta IV). 

Questionado sobre as atividades de identificação de rotas suspeitas e de pistas de pouso clandestinas, Lopes explicou que o Censipam realiza relatórios de inteligência sobre esses temas.  O Censipam utiliza séries de informações, como dados de radar e imagens de satélite, entre outros dados, para depois identificar indícios de atividades ilegais. Uma vez identificados os possíveis ilícitos, tais informações são repassadas aos órgãos que têm competência legal para realizar as operações finais, aplicando as medidas necessárias, desde multas ou apreensões, chegando à destruição de pistas clandestinas. “Não temos poder de polícia”, explicou Lopes.

Em Manaus, além de participar da Sessão Especial na Assembléia Legislativa, a Diretoria do Censipam assinou também dois novos Acordos de Cooperação Técnica. O primeiro foi firmado com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (AFEAM), entidade que realiza, entre outros projetos, trabalhos de extensão rural. A parceria visa, principalmente, o fornecimento de informações agrometeorológicas. Também foi assinado Acordo de Cooperação Técnica com a rede AmazonSat, que passará a veicular, em sua programação, a previsão do tempo para a região preparada pela equipe do Departamento de Meteorologia e Climatologia (DMET) do CTO de Manaus.

Ascom/Censipam