Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Boletim climático do Sipam prevê chuvas para o trimestre

Notícia

Boletim climático do Sipam prevê chuvas para o trimestre

O Sipam divulgou essa semana o boletim climático da Amazônia com o prognóstico do clima para o trimestre fevereiro, março e abril. De acordo com as informações, as áreas que deverão ocorrer chuvas acima dos padrões climatológicos são os estados de Roraima e Amapá, faixa norte dos estados do Amazonas, do Pará e do Maranhão. Nos estados do Acre, Rondônia e Mato Grosso o volume de chuva deverá apresentar-se dentro dos padrões normais, podendo ocorrer pontos isolados com chuvas acima dos padrões climatológicos. Nas demais áreas da Amazônia as chuvas deverão ocorrer dentro dos padrões climatológicos.

Segundo a meteorologista do Centro Regional do Sipam de Manaus, Ana Cleide Bezerra, o fenômeno La Niña, caracterizado por águas superficiais resfriadas no Pacífico equatorial, permaneceu com uma extensa área de anomalias negativas de Temperatura da Superfície do Mar (TSM), atingindo valores entre -2ºC e -3ºC. Condição favorável à ocorrência de chuvas acima do padrão normal em algumas áreas da região Amazônia.

"Na bacia do Atlântico Tropical norte, ainda deverá persistir o padrão de aquecimento, contribuindo para o aumento do fluxo de vapor d'água na atmosfera na faixa litorânea. Assim, os dois oceanos adjacentes (Pacífico e Atlântico) encontram-se com condições favoráveis a ocorrências de chuvas acima do normal em algumas áreas da Amazônia", disse a meteorologista. As temperaturas deverão ficar acima dos padrões normais para o sul do Tocantins, leste e sudeste do Mato Grosso. Nas demais áreas da região a temperatura deverá ocorrer dentro dos padrões normais. 

O trimestre fevereiro-março-abril representa o período mais chuvoso em grande parte da Amazônia oriental em virtude do posicionamento da Zona de Convergência Intertropical (sistema meteorológico caracterizado por grande instabilidade atmosférica) que encontra-se sobre a região, mantendo intensa nebulosidade e chuvas frequentes.

O fenômeno La Niña deverá influenciar o clima na Amazônia oriental mais efetivamente no período que vai de fevereiro até abril, intensificando a estação chuvosa no Amapá, faixa norte dos estados do Pará (regiões do Baixo Amazonas, Marajó, região metropolitana de Belém, nordeste paraense até o município de Rondon do Pará) e Maranhão (desde Açailândia, passando por Bacabal até Chapadinha), onde espera-se a ocorrência de tempestades mais frequentes, acompanhadas de ventos fortes e trovoadas, especialmente no litoral paraense e costa do Maranhão.

No estado do Tocantins haverá predomínio de chuvas dentro do padrão normal, com índices pluviométricos pouco acima de 250 mm em fevereiro, reduzindo progressivamente para valores abaixo de 100 mm no mês de abril. Destaca-se que no sul do Estado, as temperaturas deverão alcançar até 2°C acima da média na região que abrange os municípios de Formoso do Araguaia, Peixe e Paranã".

Assessoria de Comunicação Social do Sipam
Telefone: (61) 3214 0257
e-mail: comunicacaosocial@sipam.gov.br