Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Ações de proteção da Amazônia serão tema de palestra em simpósio de sensoriamento remoto em Natal

Notícia

Ações de proteção da Amazônia serão tema de palestra em simpósio de sensoriamento remoto em Natal

Diretor de produtos Wougran GalvãoAs principais ações desenvolvidas pelo Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), vinculado à Casa Civil, e a evolução do trabalho realizado pela instituição nos últimos anos serão os assuntos da palestra do diretor de Produtos, Wougran Galvão, na próxima segunda-feira (27), às 9h45min, no Centro de Convenções de Natal (RN), durante o XIV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.

Wougran falará dos desafios que o Sipam tem encontrado para mapear os 35% da Amazônia Legal sem informações cartográficas terrestre. O Projeto Cartografia da Amazônia, lançado ano passado, fará ainda as cartografias náuticas e geológicas da Região em cinco anos, com investimento de R$ 350 milhões. O diretor também abordará o trabalho de imageamento dos 36 municípios que mais desmataram a floresta amazônica. Para realizar as imagens aéreas foram necessárias 450 horas de voo. As imagens interpretadas foram entregues aos prefeitos e ao Ministério do Meio Ambiente.

Também será tema da palestra a infraestrutura tecnológica do Sipam, como os detectores de raios e as mais de 610 antenas parabólicas espalhadas na Amazônia Legal, que atendem a solicitações dos estados, municípios e órgãos federais (Polícia Federal, Funai, Funasa, Forças Armadas, Ibama). As antenas garantem o acesso à internet e a serviços telefônicos pelas entidades em pontos isolados. Além dos boletins meteorológicos que o Sipam realiza para os órgãos parceiros. Durante o evento, que acontece de 25 a 30 de abril, o Sipam terá um estande que oferecerá informações sobre projetos e trabalhos desenvolvidos. Além da palestra do diretor de Produtos, outros seis trabalhos serão apresentados por técnicos da instituição.

Convidada pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), promotor do evento, Solange Costa, do Centro Regional do Sipam em Manaus, participará de mesa redonda que terá como tema “Monitorando o Desflorestamento da Amazônia com Sensoriamento Remoto”. Também de Manaus, Mariza Macedo, em parceria com Wenceslau Geraldes Teixeira, pesquisador da Embrapa, apresentará um estudo focado no avanço da fronteira agropecuária no sul do Amazonas. Pesquisadores do Sipam de Belém também apresentarão seus estudos. Luis Henrique Moreira Lopes fará uma exposição sobre a “Análise Temporal de Focos de Calor na Terra Indígena Parakanã”, no Pará, e Jakeline da Silva Viana falará sobre a “Expansão de Estradas e Desmatamento em Unidades de Conservação do Município de Belterra”, no mesmo Estado.

“Análise de Imagens do Alos/Palsar para a Discriminação da Cobertura Vegetal da Amazônia” é o título do trabalho que será apresentado por Camila Aparecida Lima, especialista do Sipam em Brasília, em parceria com Eristelma Teixeira de Jesus Barbosa Silva (Sipam/Brasília) e Edson Eyji Sano (Embrapa). O trabalho analisou o potencial das imagens Alos/Palsar, modo FBD, para a discriminação de classes de cobertura vegetal do bioma Amazônia. Luiz Motta, também do Sipam de Brasília, apresentará o trabalho "Alta Disponibilidade de Imagens Satélites Georreferenciadas de Alta resolução para o Monitoramento dos Recursos Naturais Renováveis”. A assessora de Imprensa do Sipam, Carla Viviane de Oliveira, acompanhará os técnicos no evento. Telefones: 61 - 3214-0257 / 61 - 9989-5285

Assessoria de Comunicação Social do Sipam
Telefone: (61) 3214-0257
e-mail: comunicacaosocial@sipam.gov.br