Você está aqui: Página Inicial / Ministério dos Transportes apresenta sistema de identificação de veículos ao Censipam

Notícia

Ministério dos Transportes apresenta sistema de identificação de veículos ao Censipam

Objetivo é melhorar a fiscalização e a gestão do trânsito e da frota por meio de uma “placa eletrônica”

Por Willian Cavalcanti

Sistema busca melhorar a fiscalização e a gestão da frota por meio de uma “placa eletrônica

Sistema busca melhorar a fiscalização e a gestão da frota por meio de uma “placa eletrônica

Brasília, 22/10/2018 - Buscando parcerias para a segurança do transporte no país, representantes do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil apresentaram o Sistema de Identificação Automática de Veículos (Siniav), nesta segunda-feira (22/10), no Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), em Brasília (DF).

O Siniav é uma tecnologia que promete revolucionar o trânsito no Brasil. Um chip eletrônico, que deverá ser instalado em carros, caminhões e embarcações, conterá todos os dados do veículo. Antenas devem ser instaladas em pontos estratégicos nas cidades para captar informações dos veículos no momento que passarem próximos. Se houver alguma irregularidade, a autoridade policial ou de trânsito na região é avisada.

O objetivo do sistema é melhorar a fiscalização e a gestão do trânsito e da frota. Na prática, o chip cria uma “placa eletrônica” para o carro, enviando informações sobre chassis, ano, modelo e placa por meio de antenas e outros meios de aferição. O sistema também poderá conter informações sobre o peso, origem e destino da carga transportada, por exemplo.

“Sabemos que somente com a integração de esforços é que vamos atingir os objetivos. Para isso, buscamos a interlocução com diversas áreas que poderão ser beneficiadas. Acreditamos que a Defesa é uma delas”, disse Rone Evaldo Barbosa, coordenador do projeto no Ministério dos Transportes.

Benefícios
Com o Siniav, será possível elevar a arrecadação com cobranças de licenciamento, IPVA e multas. Além disso, será possível automatizar o pagamento de estacionamentos públicos e melhorar a fiscalização do trânsito. Na parte de segurança, o sistema poderá auxiliar na localização carros roubados ou clonados.

A regulamentação do Siniav também prevê o uso da tecnologia por empresas particulares, em convênio com o poder público, por exemplo, para rastreamento de cargas, controle de frotas, ou cobrança de pedágio por trecho percorrido, entre outras funcionalidades.

“Além de aumentar a arrecadação de impostos, o Siniav irá beneficiar a empresa que cumpre as regras, já que todo o sistema de fiscalização será facilitado por meio de um único documento digital”, explica o coordenador do projeto.