Você está aqui: Página Inicial / Matérias publicadas 2020 / Censipam realiza Oficina Pré-Cheia do Rio Madeira em Porto Velho (RO)

Geral

Censipam realiza Oficina Pré-Cheia do Rio Madeira em Porto Velho (RO)

Autoridades, entidades e órgãos públicos e privados reuniram-se para discutir formas de mitigar os danos causados pela cheia

Por Willian Cavalcanti/CR-PV

Representantes de diversas entidades participaram do evento

Representantes de diversas entidades participaram do evento

Porto Velho, 05/02/2020 - O Centro Regional de Porto Velho (CR-PV) promoveu, na última quinta-feira (30/1), a Oficina de Trabalho Pré-Cheia 2020. Realizado no auditório do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), em Porto Velho (RO), o evento contou com a participação de entidades e organizações de Rondônia e Acre para tratar das problemáticas causadas pela cheia do rio Madeira e apresentar prognósticos e soluções para mitigar os danos.

O evento foi aberto pelo gerente do CR-PV, Roseval Leite, em seguida a chefe do Setor Operacional do CR-PV, Ana Strava, apresentou o prognóstico hidrológico de longo prazo. “Em Guajará Mirim, o rio deve subir entre as cotas 11 e 11,30m. Já em Porto Velho, o rio deve oscilar entre 16,50 e 17m”, explicou Strava. Em seguida, o meteorologista do Censipam, Luiz Alves, apresentou o Boletim Climático da Amazônia para o trimestre.

Na sequência, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) apresentou o projeto de desenvolvimento de um sistema de previsão de enxurradas, inundações e movimentos de massa em encostas. A Agencia Nacional de Águas (ANA) e o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) apresentaram suas atuações na região do Madeira, com destaque para as “salas de crise” organizadas pela ANA.

As Defesas Civis de Acre e Rondônia apresentaram os trabalhos realizados nas regiões afetadas pela cheia. O assessor técnico do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Leno Rodrigues, pontuou alguns tópicos dos serviços prestados pelo Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Ao final, o analista do CR-PV, Mário Fraga, apresentou uma síntese sobre as plataformas já desenvolvidas pelo Censipam. O analista anunciou que os novos aplicativos “Previsão do Tempo na Amazônia” e “Radares da Amazônia” serão lançados nos dias 11 e 18 de fevereiro, respectivamente.

Estiveram presentes ao evento as Defesas Civis de Rondônia e Acre, Secretaria de Meio Ambiente de Rondônia (SEMA), Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (SEDAM), Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Acre (SEDEC-AC), Justiça Federal de Rondônia, a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (SEMPOG), Agência Nacional de Águas (ANA), Serviço Geológico do Brasil (CPRM), AGEVISA, Embrapa, Força Aérea Brasileira (FAB), Delegacia Fluvial de Porto Velho, 17ª Brigada de Infantaria de Selva, além de outras entidades privadas, como Energisa, Amaggi, Ipiranga, Raizen, Cargill Agrícola, ESBR e outros.