Você está aqui: Página Inicial / Gabinete do MD conhece sistemas do Censipam aplicados pelas Forças Armadas

Notícia

Gabinete do MD conhece sistemas do Censipam aplicados pelas Forças Armadas

Intenção é aumentar o uso dos sistemas do Censipam pelas Forças Armadas

Por Willian Cavalcanti

Gabinete do MD conhece sistemas do Censipam aplicados pelas Forças Armadas

Gabinete do MD conhece sistemas do Censipam aplicados pelas Forças Armadas

Brasília, 09/05/2019 – Comitiva do Gabinete do Ministério da Defesa (MD) conheceu, nesta quinta-feira (6/6), sistemas desenvolvidos pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) para aplicação das Forças Armadas na Amazônia.

Liderada pelo General de Divisão Edson Diehl Ripoli, chefe de gabinete do MD, a comitiva conheceu produtos criados pelo Censipam para combate a ilícitos e proteção da Amazônia.

Um dos sistemas é o GPIS, que subsidia as Forças Armadas e órgãos policiais na identificação de rotas aéreas ilegais. Os militares testaram o sistema ADS-80, que realiza o mapeamento de áreas em altíssima resolução. O sistema gera imagens que podem ser visualizadas por óculos 3D.

O diretor-geral, Major-Brigadeiro José Hugo Volkmer, afirmou que o Censipam oferece uma grande variedade de produtos, que podem ser melhor explorados para a defesa do país. “Os sistemas e produtos criados aqui tem um potencial muito grande. Queremos que os órgãos do Ministério da Defesa e as próprias Forças Armadas venham para cá usufruir de todo aparato tecnológico desenvolvido por nós”, disse.

Volkmer lembrou também da importância do Conselho Deliberativo do Sistema de Proteção da Amazônia (Consipam) para estabelecimento de diretrizes para as ações do sistema.

Também foi apresentado o sistema SipamSAR, que utiliza imagens de satélite para monitorar o desmatamento na Amazônia. O diretor-geral do Censipam explicou que os satélites podem ter uso dual, civil e militar, sendo utilizados para monitor áreas de interesse em operações das Forças Armadas.

“Precisamos aproveitar mais todo esse potencial do Censipam. As Forças Armadas possuem diversas demandas que podem ser atendidas pelos sistemas produzidos aqui”, afirmou o General Diehl.