Você está aqui: Página Inicial / Divisão de Meio Ambiente da Polícia Federal reforça parceria com o Censipam

Notícia

Divisão de Meio Ambiente da Polícia Federal reforça parceria com o Censipam

Polícia Federal é parceira do Censipam no grupo que reúne informações para combate a crimes ambientais na Amazônia Legal

Por Willian Cavalcanti

Novo chefe Divisão de Meio Ambiente da PF conhece trabalho do Censipam

Novo chefe Divisão de Meio Ambiente da PF conhece trabalho do Censipam

Brasília, 17/07/2020 – Membros da Divisão de Meio Ambiente da Polícia Federal (PF) conheceram nesta sexta-feira (17/7), em Brasília (DF), o trabalho realizado pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) para proteção e desenvolvimento da Amazônia Legal.

Os membros da PF também conheceram o trabalho do Grupo de Integração para Proteção da Amazônia (Gipam), que reúne representantes de dez órgãos federais visando o combate ao desmatamento, grilagem, garimpo e queimadas ilegais na região amazônica.

Entre os membros do grupo está um agente da Polícia Federal, que produz informações de inteligência sobre os crimes ambientais na região. O agente também faz a ligação entre os demais órgãos do grupo e a Divisão de Meio Ambiente da PF.

Os especialistas reunidos no Censipam trabalham na análise de dados e imagens de satélites e desenvolvem em conjunto uma metodologia de definição de alvos prioritários que embasar o planejamento dos Comandos Conjuntos que atuam na Operação Verde Brasil 2.

“Com o apoio do Censipam, o planejamento das nossas operações será facilitado. Vamos fazer essa parceria ser ainda mais profícua”, disse o novo chefe da Divisão de Meio Ambiente da PF, Rubens da Silva Lopes.

Além de servidores do Censipam e da Polícia Federal, a equipe conta com técnicos da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Agência Nacional de Mineração (ANM), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Fundação Nacional do Índio (Funai), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Serviço Florestal Brasileiro (SFB).