Você está aqui: Página Inicial / Conselho Nacional da Amazônia Legal apresenta iniciativas à Delegação da União Europeia

Notícia

Conselho Nacional da Amazônia Legal apresenta iniciativas à Delegação da União Europeia

Proteção, preservação e promoção do desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal estão entre os temas abordados

Por Juliana Mota

Proteção, preservação e promoção do desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal estão entre os temas abordados

Proteção, preservação e promoção do desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal estão entre os temas abordados

Brasília, 04/03/2021 - Membros do Conselho Nacional da Amazônia Legal (CNAL) se reuniram, nesta quarta-feira (03/03), com representantes da Delegação da União Europeia. O encontro foi copresidido pelo Vice-Presidente e Presidente do CNAL, Hamilton Mourão, e pelo embaixador da União Europeia, Ignacio Ybáñez.

Durante o encontro houve troca de ideias sobre possibilidades concretas de promoção e apoio a medidas de combate à mudança do clima e perda de biodiversidade, à sustentabilidade do setor agrícola e da bioeconomia, às ações de segurança e combate ao crime e à participação do setor privado no desenvolvimento de cadeias de valor sustentáveis e de geração de empregos na Amazônia Legal.

O diretor-geral do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) e Coordenador da Subcomissão de Integração de Sistemas do CNAL, Rafael Costa, apresentou ações do Grupo Integrado para Proteção da Amazônia (Gipam), que reúne no Censipam dez instituições governamentais para integração de dados e informações visando otimizar o trabalho das equipes de campo no combate a crimes ambientais na Amazônia; o Projeto TerraClass; além de estratégias de aproximação com os Estados da Amazônia Legal.

“Há um esforço conjunto de técnicos e cientistas de carreira que se dedicam diariamente em busca de resultados concretos. Esses resultados já começam a aparecer, em especial em relação a redução de 21% nos primeiros sete meses do ciclo atual de alertas de desmatamento quando comparado ao ciclo anterior.”, afirmou o diretor-geral do Censipam, Rafael Costa.

Liderada pelo Censipam, órgão do Ministério da Defesa, a Subcomissão de Integração de Sistemas conta com representantes da Vice-Presidência da República, Gabinete de Segurança Institucional e dos Ministérios do Meio Ambiente; Justiça; Minas e Energia; Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; e Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Com informações da Vice-Presidência da República.