Você está aqui: Página Inicial / Censipam sedia curso de operação de aeronaves remotamente pilotadas para a Polícia Federal

Notícia

Censipam sedia curso de operação de aeronaves remotamente pilotadas para a Polícia Federal

Além de atividades práticas, o curso reserva tempo de qualidade ao estudo da legislação aeronáutica

Por Maria Vitória Tamer*

Além de atividades práticas, o curso reserva tempo de qualidade ao estudo da legislação aeronáutica

Além de atividades práticas, o curso reserva tempo de qualidade ao estudo da legislação aeronáutica

Brasília, 25/03/2021 – O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) sediou, de 15 a 19 de março, o curso de operação de aeronaves remotamente pilotadas (ARP), para policiais federais da Superintendência Regional de Polícia Federal em Brasília (DF) e servidores da Coordenação Geral de Inteligência do Censipam.

Com carga horária de 44 horas, o curso foi ministrado pelos servidores do Censipam Darlô Sobrinho e Mario Ceciliano, contando com o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que permitiu o uso da Floresta Nacional de Brasília para a realização das aulas práticas.

“O curso de operação de aeronaves remotamente pilotadas, apesar de ter como grande parte de sua carga horária atividades práticas, também reserva tempo de qualidade ao estudo da legislação aeronáutica, que tem sido cada vez mais exigida dos operadores de drones.’’, explicou o instrutor Darlô Sobrinho.

Ainda segundo o instrutor, os incidentes aéreos envolvendo esse tipo de aeronave vêm sendo cada vez mais recorrentes, podendo até mesmo resultar em prisão dos envolvidos que não cumprirem com os regimentos estabelecidos pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), tal como a capacidade máxima de altura ou o raio de distância permitido.

*Estagiária sob a supervisão de Juliana Mota

registrado em: , , , , ,