Você está aqui: Página Inicial / Censipam participa de simpósio de sensoriamento remoto da FAB

Notícia

Censipam participa de simpósio de sensoriamento remoto da FAB

Evento reuniu mais de 400 pessoas e abordou caminhos para consolidar o segmento espacial no âmbito da Defesa

Por Willian Cavalcanti

Simpósio de sensoriamento remoto foi realizado em São José dos Campos e contou com programação diversificada

Simpósio de sensoriamento remoto foi realizado em São José dos Campos e contou com programação diversificada

São José dos Campos, 09/11/2018 – O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) participou da 8ª edição do Simpósio de Sensoriamento Remoto de Aplicações em Defesa (SERFA 2018) realizado, entre 5 e 8 de novembro, pelo Instituto de Estudos Avançados (IEAv), da Força Aérea Brasileira (FAB), em São José dos Campos (SP). O evento reuniu mais de 400 inscritos presenciais e foi transmitido, ao vivo, pela internet.

O SERFA 2018 abordou o tema “Caminhos para consolidar o segmento espacial no âmbito da Defesa”. A proposta foi discutir tópicos relacionados a novas tecnologias espaciais, como as aplicações de micro, nano e pico satélites. Também foram discutidos o sensoriamento remoto em operações multidomínios, como terra, mar, ar, espaço e cyber; a fusão de dados a partir de imagens de sensoriamento remoto; as aplicações operacionais com imagens de Radar de Abertura Sintética (SAR) e o processamento de imagens em tempo real com alto desempenho.

Entre as palestras do evento, a analista Tahisa Neitzel Kuck do Censipam apresentou o Sistema Integrado de Alerta de Desmatamento por Radar Orbital (SipamSAR), e Coronel Miguel Archanjo discorreu sobre o Projeto Amazônia SAR, com foco nas iniciativas para estruturar o SipamSAR e as perspectivas futuras. O diretor-geral do Censipam, Rogério Guedes, e o assessor especial, general Pedro Ronalt, além dos servidores Thiago Bortoleto Rodrigues, do CR-PV, Lino Fernando Santos de Viveiros, do CR-BE, e Jorge Alberto Lopes da Costa, do CR-MN, também participaram do evento.

Para o Presidente da Comissão de Coordenação e Implantação de Sistemas Espaciais (CCISE), Major-Brigadeiro do Ar Luiz Fernando de Aguiar, o seminário representa a consolidação da relação entre institutos de pesquisa e ensino, órgãos de governo e empresas voltadas para tecnologias com foco no desenvolvimento da indústria nacional para o programa espacial brasileiro.

Segundo o coordenador do SERFA 2018, Major Aviador Rafael Lemos Paes, a relevância do evento foi mostrar que o sensoriamento remoto, por ser uma área multidisplinar e interdisciplinar, serve para todo o país. “Este é um assunto para a sociedade toda e pode ser aplicado desde o monitoramento de uma plantação agrícola até a segurança da fronteira, se traduzindo na interação do meio civil e com a área militar”, disse.

O evento contou com painéis, apresentações de estudos, workshops, fóruns para discussões e networking. Além da Força Aérea, também realizaram palestras a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro, instituições de pesquisa e empresas parceiras.

Com informações e fotos da Força Aérea Brasileira.