Você está aqui: Página Inicial / Censipam participa de 3º Alerta de Cheia em Manaus

Notícia

Censipam participa de 3º Alerta de Cheia em Manaus

Cerca de 116 mil ribeirinhos já foram afetados. Com as cheias da bacia do Rio Negro, o número pode chegar 250 mil pessoas

Por Willian Cavalcanti/CR-MN

Meteorologista do CR-MN apresentou prognóstico climático para os próximos três meses

Meteorologista do CR-MN apresentou prognóstico climático para os próximos três meses

Manaus, 07/06/2019 – O Centro Regional de Manaus (CR-MN) participou do 3º Alerta de Cheia 2019, realizado esta semana, no auditório do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), em Manaus (AM). O meteorologista do CR-MN, Renato Senna, realizou a palestra de abertura e apresentou o “Cenário Climatológico da Amazônia Ocidental e o Prognóstico Climático do Censipam” para o trimestre junho/julho/agosto.

O meteorologista do Censipam explicou que há excesso de precipitação nas bacias do Rio Solimões (Ucayali e Marañon, em território peruano) nos primeiros meses do ano e déficit nas bacias dos rios Branco e Negro. Isso é caraterística de anos com eventos El Niño ativos.

O mês de maio apresentou chuvas em excesso em grande parte das bacias dos rios Negro e baixo Solimões, o que ocasionou revisão nos valores previstos para o pico de cheia na região de Manaus. A perspectiva para os próximos meses é de chuvas semelhantes aos padrões climatológicos nas principais bacias e indica volumes de 300 mm na bacia do Rio Branco e alto Rio Negro. Já nas principais bacias do Rio Solimões, os valores devem ficar abaixo de 100 mm.

No término da primeira fase, foram afetados cerca de 116 mil moradores ribeirinhos de 16 municípios, distribuídos nas calhas dos rios Juruá, Purus e Madeira. Na segunda fase, com as cheias da bacia do Rio Negro, o número de municípios pode atingir cerca de 250 mil pessoas.

A representante da CPRM, Jussara Maciel, revisou a estimativa de cheia para 29,18 m, podendo atingir um valor máximo de 29,33 m, cerca de 80 cm acima do valor observado em 2018. O representante da Defesa Civil do Amazonas, Tenente-Coronel Bombeiro Clóvis Pinto Júnior, apresentou um panorama das ações desenvolvidas até o momento e a perspectiva de atendimentos até o final do evento.