Você está aqui: Página Inicial / Censipam engajado na luta contra o mosquito Aedes aegypti

Notícia

Censipam engajado na luta contra o mosquito Aedes aegypti

é um mosquito doméstico, vive dentro de casa e perto do homem, transmissor da dengue, a frebre chinkunguya e o vírus Zika
reunião sobre as ações de combate do mosquito no CR/Manaus

reunião sobre as ações de combate do mosquito no CR/Manaus

O Censipam está mobilizado na luta contra o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, a frebre chinkunguya e o vírus Zika, São várias ações feitas ao longo das últimas semanas. No Centro Regional do Sipam em Manaus foram capacitados servidores pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Com isso, foram instituídas 4 brigadas de combate ao mosquito Aedes Aegypti, que iniciaram seu trabalho hoje (15), para atender toda a área do Centro Regional de Manaus.

Já no Centro de Coordenação-geral do Censipam, em Brasília, foi instituída uma equipe para fazer constantes varreduras pelo prédio procurando possíveis focos de criadouros dos mosquitos. A equipe teve toda orientação da Força tarefa dos bombeiros do Distrito Federal. Também foram instituídas equipes para inspecionar constantemente os prédios dos Centros Regionais do Sipam de Porto Velho e de Belém.

Todos os Centros Regionais estão também promovendo palestras sobre o assunto. Na última sexta-feira (12), a servidora bióloga do Ministério da Saúde Tatiana Mignote proferiu uma palestra para os servidores do Censipam em Brasília. Ela explicou as características do mosquito, sua reprodução e as formas de combatê-lo, além de sanar dúvidas de servidores sobre o assunto. Segundo ela, o Aedes aegypti é de origem africana, é de tamanho pequeno, de cor preta e pequenas pintas brancas, com hábitos diurnos. "O mosquito gosta de ficar perto do homem e alimenta-se do sangue do homem", ressalta Tatiana, enfatizando a importância de eliminar os criadouros de reprodução do mosquito.

Neste sábado (13), iniciou a campanha de mobilização contra o mosquito Aedes aegypti em todo o Brasil. Cerca de 220 mil homens e mulheres da Marinha, do Exército e da Aeronáutica entraram em ação em cerca de 350 municípios de todas as regiões do país com o intuito de mobilizar a população. Serão distribuídos cerca de 4 milhões de panfletos com o intuito de alertar as pessoas sobre a importância de eliminar qualquer foco de proliferação do mosquito.

Sobre o Aedes aegypti é um mosquito doméstico, vive dentro de casa e perto do homem. Ele tem hábitos diurnos e alimenta-se de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura de ovos pelas fêmeas. Os ovos são colocados em água limpa e parada e distribuídos por diversos criadouros – estratégia que garante a dispersão da espécie. Se a fêmea estiver infectada pelo vírus da dengue quando realizar a postura de ovos, há a possibilidade de as larvas já nascerem com o vírus – a chamada transmissão vertical.