Você está aqui: Página Inicial / Censipam e Marinha buscam parceria para monitoramento do mar territorial

Notícia

Censipam e Marinha buscam parceria para monitoramento do mar territorial

Objetivo é que o Censipam contribua com a Marinha no desenvolvimento de um sistema para monitorar a Amazônia Azul por meio de imagens de satélite

Por Willian Cavalcanti

Representantes da Diretoria de Navegação da Marinha se reuniram no Censipam

Representantes da Diretoria de Navegação da Marinha se reuniram no Censipam

Brasília, 04/02/2020 – Com o objetivo de desenvolver um sistema de monitoramento do mar territorial brasileiro, representantes da Marinha do Brasil se reuniram, na última semana (29/01), no Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), em Brasília (DF).

O diretor-geral do Censipam, José Hugo Volkmer, apresentou aos representantes da Marinha o uso de satélites com radar de abertura sintética (SAR) para monitoramento ambiental e territorial da Amazônia. “A tecnologia SAR é mais eficiente que a ótica porque consegue fazer imagens do território à noite ou mesmo que esteja sob nuvens”, explicou Volkmer.

A intenção é que analistas do Censipam contribuam com a Marinha no desenvolvimento de tecnologia para monitorar a Amazônia Azul por meio de imagens de satélite. A Amazônia Azul corresponde à zona econômica exclusiva (ZEE) do Brasil, cuja área tem aproximadamente 3,6 milhões de km2.

Volkmer explicou que o Censipam está investindo na aquisição de uma constelação de satélites para aperfeiçoar o monitoramento do território brasileiro. A tecnologia poderá contribuir para o combate a crimes ambientais no litoral, como a pesca ilegal.

“Com a expertise do Censipam em sensoriamento remoto, podemos aumentar o nosso conhecimento para monitorar e inibir a criminalidade no nosso mar”, afirmou o Contra-Almirante Cassiano Marques, subchefe de operações do Comando de Operações Navais da Marinha.