Você está aqui: Página Inicial / Censipam e Embrapa buscam parceria para monitoramento territorial

Notícia

Censipam e Embrapa buscam parceria para monitoramento territorial

Intenção é firmar acordo para compartilhamento de expertise na área de sensoriamento remoto

Por Willian Cavalcanti

Diretor-geral apresenta projetos do Censipam

Diretor-geral apresenta projetos do Censipam

Brasília, 20/09/2019 – Visando aperfeiçoar o monitoramento territorial do país, representantes do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) e da Embrapa Territorial se reuniram nesta quinta-feira (19/9), em Brasília (DF). A intenção é firmar acordo para compartilhamento de expertise na área de sensoriamento remoto e monitoramento da ocupação do solo brasileiro.

O diretor-geral do Censipam, José Hugo Volkmer, apresentou o sistema de monitoramento do desmatamento por meio do uso de satélites com radar de abertura sintética (SAR), que não sofre interferência de nuvens. “Nossa intenção é ampliar esse monitoramento para toda a Amazônia Legal, gerando um mapeamento completo da região por meio de imagens de radar”, afirmou Volkmer.

Com investimento de cerca de R$ 30 milhões, o Censipam adquiriu duas antenas de recepção satelital que serão instaladas em Manaus e Formosa (GO) e deverão entrar em operação até o início de 2020. Além do desmatamento, a tecnologia SAR pode localizar mineração e garimpo ilegal e também monitorar barragens e derramamento de óleo no mar.

“Acredito que o trabalho desenvolvido pela Embrapa Territorial pode contribuir em muito com os produtos disponibilizados pelo Censipam. Essa nossa parceria tende a render ótimos frutos”, afirmou Evaristo de Miranda, chefe-geral da Embrapa Territorial.

A Embrapa Territorial é uma unidade da Embrapa que atua na área de pesquisa, desenvolvimento e inovação na gestão e monitoramento territorial para sustentabilidade e competitividade da agricultura brasileira. Criada em 1989, a Embrapa Territorial é sediada em Campinas (SP).