Você está aqui: Página Inicial / Censipam e Embrapa reafirmam acordo para instalação de antena

Notícia

Censipam e Embrapa reafirmam acordo para instalação de antena

Com antena multisatelital será possível receber imagens diretamente de satélites, facilitando monitoramento territorial do país

Representantes do Censipam e Embrapa se reuniram para definir acordo

Representantes do Censipam e Embrapa se reuniram para definir acordo

Brasília, 07/06/2019 - O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) reforçaram, nesta sexta-feira (7/6), acordo para instalação de uma antena de recepção via satélite em área da Embrapa Amazônia Ociental, em Manaus (AM).

Em uma área de 400 m2, o Censipam irá instalar uma antena multisatelital de observação da Terra e outros equipamentos para rastreio e gravação de dados. Com a operação da antena, será possível receber imagens diretamente de satélites, facilitando operações de monitoramento territorial e ambiental do país.

Com diâmetro de 7,3 m, a antena foi adquirida com recursos do Fundo Amazônia e faz parte das ações do projeto Amazônia SAR. O projeto utiliza radar de abertura sintética (SAR) para gerar alertas de desmatamento para órgãos de fiscalização ambiental, como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

“Por ser um local com pouca interferência eletromagnética, a área de Embrapa é o local mais adequado para a instalação da antena. Esta é uma etapa extremamente importante para a implantação do sistema SipamSAR”, afirmou o diretor-geral do Censipam, José Hugo Volkmer.

O Censipam também pretende estreitar o relacionamento com a Embrapa para financiamento de pesquisas para detecção de plantio de coca e maconha com uso de imagens de satélite com radar de abertura sintética (SAR).

“Por meio da Embrapa Territorial, nós desenvolvemos métodos de inteligência, gestão e monitoramento sobre uso e ocupação das terras pela agropecuária. Queremos colaborar com o Censipam nesse assunto que é estratégico para o país”, afirmou o presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa.

Outra antena, com diâmetro de 11,3 m, está sendo instalada em área do 6º Grupo de Mísseis e Foguetes (6º GMF) do Exército Brasileiro, no Campo de Instrução de Formosa (CIF), em Goiás.