Você está aqui: Página Inicial / Censipam apresenta ações do Sistema de Proteção da Amazônia para Fiesp

Notícia

Censipam apresenta ações do Sistema de Proteção da Amazônia para Fiesp

Presidente da Fiesp debateu formas de dar maior amplitude às ações de preservação do bioma amazônico

Por Willian Cavalcanti

Censipam apresenta ações do Sistema de Proteção da Amazônia para Fiesp

Censipam apresenta ações do Sistema de Proteção da Amazônia para Fiesp

Brasília, 29/08/2019 – O presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, conheceu, nesta quinta-feira (29/8), o trabalho realizado pelo Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) visando ao desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal.

Durante visita ao Centro de Coordenação Geral (CCG) do Censipam, em Brasília (DF), o presidente da Fiesp debateu formas de dar maior amplitude às ações de preservação do bioma amazônico.

O diretor-geral do Censipam, José Hugo Volkmer, mostrou os sistemas desenvolvidos pela instituição para monitoramento territorial e ambiental da Amazônia. “O SipamSAR emite alertas de desmatamento por meio de tecnologia de radar de abertura sintética (SAR), que é a ideal para as condições climáticas da Amazônia, já que enxerga através das nuvens”, explicou.

“O SipamHidro é a nossa plataforma de monitoramento ambiental, dando alertas de cheias e enchentes, além de fornecer dados sobre chuvas e raios, por exemplo. Ela está sendo amplamente utilizada neste momento na operação Verde Brasil para monitorar os focos de calor na Amazônia”, completou o diretor-geral.

O secretário-geral do Ministério da Defesa (MD), Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, explicou que as decisões estratégicas para atuação do Sipam são direcionadas pelo Conselho Deliberativo do Sistema de Proteção da Amazônia (Consipam), o qual é liderado pelo MD. “O Consipam tem a participação das principais áreas do Estado brasileiro, como Justiça, Ciência e Tecnologia e Relações Exteriores. É por meio dele que buscamos dar um direcionamento estratégico para as ações do Sipam”, explicou o Almirante.

“É preciso dar maior divulgação do trabalho realizado pelo Censipam para proteção da Amazônia. O mundo precisa saber que somos um país que busca o desenvolvimento sustentável, com responsabilidade social e ambiental, tanto pelo Estado quanto pelas nossas empresas”, afirmou o presidente da Fiesp.