Você está aqui: Página Inicial / Alunos do curso de geointeligência do Exército conhecem ações de proteção da Amazônia

Notícia

Alunos do curso de geointeligência do Exército conhecem ações de proteção da Amazônia

Militares conheceram as ferramentas do Censipam para apoio a operações de combate a crimes ambientais

Por Willian Cavalcanti

Militares conheceram as ferramentas do Censipam para apoio a operações de combate a crimes ambientais

Militares conheceram as ferramentas do Censipam para apoio a operações de combate a crimes ambientais

Brasília, 09/09/2020 - Treze militares do Curso de Geointeligência para Oficiais da Escola de Inteligência Militar do Exército Brasileiro conheceram, na terça-feira (8/9), o trabalho desenvolvido no Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), em Brasília (DF).

O coordenador-geral de inteligência do Censipam, Raimundo Camargos, apresentou os projetos para monitoramento do desmatamento e de eventos extremos na região amazônica. Os alunos conheceram também as ferramentas disponibilizadas pelo Censipam para apoio a órgãos durante operações de combate a crimes ambientais.

A vocação do Censipam é a aplicação da tecnologia de radar de abertura sintética (SAR) para o monitoramento da região, pois ela é mais eficiente que os sistemas óticos na Amazônia”, explicou Camargos.

Os militares também conheceram o trabalho de representantes de dez instituições que realizam a integração de dados visando otimizar as ações de campo nas operações de combate a crimes ambientais na Amazônia.

A turma 2020 do curso de geointeligência é composta por 12 militares do Exército Brasileiro e um oficial da Polícia Militar do Distrito Federal.